Feliz dia do Agricultor! Uma homenagem do Vereador Roberto do Mercado

Nos campos do país, uma gente guerreira acorda todos os dias com a missão de produzir alimentos para uma nação de mais de 200 milhões de pessoas. É certo aquele ditado de que “quando o campo não vai bem a cidade padece”, mas a natureza foi generosa com nosso país – terra fértil por qui não falta. De sul a norte, leste e oeste seja na grande propriedade ou nas pequenas, nossos irmãos do campo aram a terra, cultivam as plantas, manejam os animais e depois do trabalho feito com amor e dedicação a espera por uma produção farta e de qualidade.

Embora às vezes falte investimentos por parte do governo para esse povo, a cultura seja pouco valorizada e os holofotes estejam voltados para os grandes centros o homem da roça não se abate, e mesmo que a safra do ano não seja das melhores tapeia o chapéu, planta novamente e espera por dias melhores na vida simples e saudável da roça que tanto, nós da cidade invejamos.

Aos homens e mulheres do campo que mantém esse país em pé o desejo de um feliz dia do agricultor.

O Dia do Agricultor foi instituído em 1960, com um dos objetivos sendo homenagear o centenário do Ministério da Agricultura. No decreto 48.630, o presidente Juscelino Kubitschek usa como justificativa outros dois itens: “reverenciar as pessoas que se dedicam ao cultivo da terra” e que “o Brasil deve grande parte de sua prosperidade à economia agrícola”.

Deixe um comentário